a manta

manta

Comecei-a em Agosto. A partir de então, foram raras as noites em que não trabalhei nela. Era um pedido especial, de uma mãe para um filho, algo que ficasse para a vida. E eu quis dar o meu melhor, algo que dissesse o quanto o amor de mãe contém, que registasse o valor do tempo que passa por nós, que mostrasse que com quase nada somos capazes de fazer tudo. Um retalho, junto a outro e a outro e a outro é capaz de se transformar em algo Maior. 
 

manta

Comecei por olhar para o relógio. Cada bloco levava 45 minutos a fazer. Escolher, coser, passar a ferro, cortar, escolher, coser, passar a ferro, cortar, escolher, coser, passar a ferro, cortar… Depois deixei de contar. Se percorresse as centenas de metros de linha que levou, chegaria longe.
manta

manta

manta

Terminei-a hoje e embora sinta uma certa liberdade após tanto tempo dedicado a um só objecto, o meu corpo pergunta porque não se vai sentar à máquina de costura, como de costume, até as costas começarem a doer. Vou sentir saudades.

 

 

36 thoughts on “a manta”

  1. Muito, muito gira, faz lembrar os trabalhos feitos pela minha avó!
    Que saudades tenho dela, se estivesse entre nós, seria certamente algo que lhe pediria para me ensinar.
    Era uma grande costureira.
    Bjs,
    MJ

  2. Lindo lindo lindo. Estou a fazer uma para o meu filho mas ainda estou em modo cortar cortar cortar. não vou fazer log cabin mas outra conjugação mais simples. Parabéns adorei!

  3. está muito bonita. já a vi no facebook, acho que é a manta mais famosa do dia 😉 fiquei com vontade de terminar uma e fazer mais duas para os meus filhos 🙂

    beijinhos

  4. Linda, Linda, Linda, Linda!!!!! Aposto que já está com muita pena de a ver partir. Eu tenho sempre pena de ver partir tudo aquilo que me deu gozo fazer.

    Por cá também se anda a construir uma de hexágonos. Mas esta não a vou ver partir. Sorte a minha!!!
    Parabéns, Virgínia.

    Bjs

    Rosa Vouga

  5. Olá! A manta ficou linda! Posso perguntar se tens algum truque na hora de cortar os tecidos? Eu já fiz alguns projectos e agora estou a fazer uma manta maior mas o corte é aboorecido e nem sempre fica bem..Alguma dica? Muito obrigada!

  6. Olá! Eu não tenho truques 🙂 uso um cortador rotativo e uma régua própria para patchwork. Neste caso, cortei tiras inteiras de um lado ao outro dos tecidos, com a mesma largura. Só o primeiro quadrado, o mais pequeno, que fica no centro e em volta do qual os restantes vão sendo cosidos, é que necessita de estar já cortado com a medida final. Os restantes são tiras que vamos cortando ao longo do trabalho. Espero ter ajudado um pouco 🙂

  7. Um encanto!
    Claro que deve ter dado imenso trabalho, mas valeu a pena todo o esforço porque o resultado é espetacular.
    Sei que lhe exigiu muito tempo e dedicação, persistência e paciência incontornáveis, e só por isso já merece os parabéns.
    Continue sempre assim corajosa.

    Um grande abraço
    Emília

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Inscreva-se com o seu endereço de e-mail e receba notícias nossas!
Scroll to Top