wip

Este pequeno ser está à minha espera desde o Verão. Tinha decidido fazer um ganso mas logo percebi que não tinha nascido com cara de ganso. Pensei que parecia uma gaivota. E nada mais apropriado porque eu vivo rodeada de gaivotas e é ao som delas que de dia ou de noite vou trabalhando. É … Ler mais

na mesa de trabalho

A mesa é pequena e está cheia de trabalhos começados. Sento-me e pergunto-me porque não a arrumo antes de começar. Sorrio com tamanho disparate – se usasse os minutos que tenho livre para a arrumar não tinha tempo para trabalhar. As coisas vão encontrando o seu lugar, por si próprias, com o devido tempo. Se por … Ler mais

rosetas da (bis)avó

Enquanto faço estas rosetas lembro: À noite, as três sentadas no sofá, cada uma com a sua agulha na mão. A bisavó, à esquerda, fazia as rosetas; eu, no meio, fazia o quadrado à volta; à direita, a avó, juntava os vários quadrados. Eram feitas com restos de lã, porque nada era desperdiçado, e o fim … Ler mais